Gestão
Como demitir

Como demitir

Por Conexão Dentista- 28/08/2020

Demitir um funcionário nunca é bom para uma empresa. Normalmente essa atitude pode resultar em processos trabalhistas e afetar negativamente os que ficam na empresa prejudicando a produtividade. Além disso, em tempos de redes sociais, um demitido ressentido pode causar estragos na reputação do cirurgião-dentista e do consultório.

Apesar desses riscos, em determinadas ocasiões a demissão é a atitude certa a ser tomada. O líder deve tomar essa decisão quando necessário, mas, ao mesmo tempo, conduzir o processo de maneira que os possíveis prejuízos sejam minimizados.

Veja algumas dicas:

 

- Comunique com respeito

É indispensável que a demissão seja feita pelo chefe e em ambiente privado. Seja direto e atenha-se às razões que levaram à decisão. Caso o demitido queira desabafar, ouça sua argumentação até o final, sem interrupções.

 

- Desligue com cuidado

Muitas vezes o acesso do funcionário ao e-mail e outros recursos corporativos é cortado antes mesmo dele ser comunicado da demissão. Esse tipo de atitude cria um clima ruim entre os outros funcionários e deve ser evitada.

Após a comunicação, acompanhe o ex-funcionário e dê tempo para que faça backup de arquivos pessoais no computador e organize o que for necessário.

 

- Atenção aos que ficam

Após realizar a demissão, o líder deve comunicar a decisão para a equipe remanescente. Explicar os motivos e informar como serão realizadas as funções desempenhadas pelo profissional que está saindo.